I

Não acredito em tudo o que leio, ouço ou vejo. O meu bom senso e a minha voz interior moldam o sentido das palavras criando a minha própria verdade ou meia verdade. Sempre fui assim e não sei se quero mudar.

No entanto acredito...

Sendo assim, essa verdade de que falo será mesmo minha?

Sem comentários: